Utilização de incentivo condicionado a resultados nos serviços de saúde: alguns aspectos teóricos e pragmáticos

 

Mariangela Leal Cherchiglia 
Sábado Nicolau Girardi

Nesse trabalho pretendemos explorar o tema da adoção de estratégias de incentivos condicionados como mecanismo de obtenção de resultados efetivos de produção e produtividade no âmbito de organizações de provisão de serviços de saúde.

Tomaremos para análise empírica os dados de pesquisa original realizada nos hospitais da rede da Fundação Hospitalar de Minas Gerais que implementou, em 1993, mecanismos de compensação de desempenho e produtividade de seus funcionários, complementares à remuneração fixada em salários. Nesse estudo, avaliamos as alterações decorrentes da adoção dessa estratégia, analisando-se o comportamento de indicadores selecionados de produção e produtividade entre 199295 e como os trabalhadores e gerentes perceberam e transformaram esta proposta de incentivo financeiro.

A perspectiva é a de inserir os esquemas de incentivos no interior de sistemas de compensação do trabalho que por sua vez são parte da totalidade mais ampla das relações de trabalho. Subordinam-se, desta maneira, ao estilo de relação de trabalho prevalente e ao modelo gerencial adotados em uma organização.

Leia o artigo completo aqui